O dia se espatifa: Dezembro 2007

segunda-feira, 31 de dezembro de 2007

Barulho para quê?

Fim de ano na praia. Sol, mar quente, previsão de tempo bom para o primeiro dia de 2008. Mas isso não basta para alguns veranistas, que insistem em soltar rojões e foguetes com uma periodicidade sem sentido desde que chegamos aqui, na sexta à noite.

Sempre tive medo de fogos. E nunca vi muito sentido em correr riscos de se queimar por conta de uma comemoração tão efêmera como chata. Muito chata. À exceção daqueles coloridos, os fogos que fazem barulhos são de uma imbecilidade sem fim.



Pois meu sogro fez ontem um questionamento que faz todo sentido do mundo: se é para fazer barulho, por que não alugar um imenso aparelho de som e reproduzir sons de foguetes estourando? Estou para dizer que a solução é inclusive mais barata.

*

Implicância à parte, fica aqui o meu desejo de uma ótima virada de ano.

Postado por Cássia Zanon

sexta-feira, 28 de dezembro de 2007

Por um 2008 supimpa

Sei que o ano ainda não terminou, mas estou indo para a praia hoje à noite, e não sei como será a conexão por lá – ainda não comprei minha placa 3G. Portanto, deixo aqui a minha listinha de resoluções. A de 2007 não foi exatamente um sucesso retumbante, mas o ano teve várias surpresas boas, e o saldo acaba como imensamente positivo. Vamos aos planos para 2008:

- Falar menos e ouvir mais
- Seguir trabalhando em favor da preguiça
- Seguir tentando ser menos implicante
- Comprar um carro
- Conhecer Brasília
- Visitar a Carol na Califórnia
- Manter uma rotina na academia
- Dar um jeito de voltar a fazer ioga
- Aprender mais

Boa sorte para mim! E um 2008 supimpa para todos vocês ;-)


Postado por Cássia Zanon

Grandes pequenos prazeres do verão

- Beber um copo de suco/chá/água gelado na medida certa depois de %22provocar a sede até não agüentar mais%22

- Pular numa piscina à noite, depois de um dia de calorão porto-alegrense

- Vestir um par de Havaianas novinho pela primeira vez

- Passar hidratante no corpo depois de passar um dia de sol, vento e água de mar/piscina

- Entrar num ambiente com ar condicionado depois de suportar algum tempo de calorão na rua

- Tomar um banho de morno para frio depois de uma longa caminhada sob o calorão

- Ficar sentada na beira da praia, embaixo de um guarda-sol, tomando chá gelado e lendo um livro bem bobo

- Sair de casa com um vestido fresquinho e uma rasteirinha, para passear

- Sentar numa mesa de bar ao ar livre e ficar jogando conversa fora, tomando caipirinha e beliscando comidinhas de buteco

Antes de começar a fazer ioga, há dois anos, eu era uma pessoa do inverno. Uma lista como esta não existiria antes disso. Agora, estou cada vez mais um ser do verão. A lista é longa, e tende a crescer a cada dia.

E você, qual a sua lista?


Postado por Cássia Zanon

quinta-feira, 27 de dezembro de 2007

Vida dura

Vida de dona de casa é fogo. Saí de férias na sexta passada e fico na folga da firma até o dia 2. Não vejo a hora de voltar ao batente para descansar um pouco ;-)

Postado por Cássia Zanon

terça-feira, 25 de dezembro de 2007

Das notícias no Natal

Em dias como hoje não dá saudade de trabalhar em redação. Deixemos baixar aquilo que chamo de meu esprit de porc e vejamos as manchetes dos portais que costumo visitar:

O movimento das estradas em tempo real (Muito útil e bacana, mas, believe me, dá um trabalho do cão fazer isso)

Feriado de Natal é o mais violento nas estradas federais (Ter que – sempre – dar esse tipo de notícia no Natal é ainda pior do que ler)

Incêndio em depósito de pneus ameaçou casas em Erechim (Ameaçou. Não fosse feriado, dificilmente seria manchete)

Flamengo anuncia que Milan liberou Ronaldo para negociar (Ohhhhh)

Ônibus com banda de forró capota na Bahia (Putz, que horror. Vide comentário da manchete sobre as estradas federais)

Dutra e Imigrantes apresentam lentidão na volta a São Paulo (Novidaaaaaaaaaade)

Flamengo negocia para ter Ronaldo durante Libertadores (Ohhhhhhhhhhhhhhhhhhhh)

Gisele Itié tem recaída e fica com o ex em festa de Natal (!!!!!!!!!!!!)

PCC ordenou motins em prisões de SP, dizem agentes penitenciários (Ok. E?)

SP: chuva deixa 5 regiões em estado de atenção (Verão, meu amigo. Been there...)

Milan libera Fla para negociar volta de Ronaldo (Ohhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh)

Argentino deve chegar ao Corinthians na quinta (...)

Veja ensaios e escolha a mais gata do ano (Not!)

Bandeirantes tem 12 km de congestionamento em SP (Só?)

%22Tipo assim%22, o Ronaldo podendo talvez quem sabe negociar com o Fla é o must. Está por tudo. Não, né?

*

Espero que todos tenham tido um ótimo Natal. Principalmente meus amigos e colegas jornalistas que passaram o dia gramando para a gente ter o que ler na web depois da orgia gastronômica e consumista do feriado ;-)


Postado por Cássia Zanon

segunda-feira, 24 de dezembro de 2007

Então é Natal

E você até pode ser um daqueles missionários do ateísmo tão na moda ultimamente, não me importa, este post aqui também é seu. Fica aqui o meu desejo de muita luz, paz, amor, saúde e solidariedade a todo mundo e todo o mundo.

Queridos leitores, sintam-se todos abraçados com muito carinho. E que recebam em dobro tudo o que desejam para os outros.



Feliz Natal!


Postado por Cássia Zanon

sábado, 22 de dezembro de 2007

O caos aéreo deles é melhor do que o nosso?

Quando a minha irmã ligou hoje para o meu celular do aeroporto de São Francisco, na Califórnia, de onde viajaria para Portland, no Oregon, e disse %22deu overbooking no meu avião%22, pensei: %22pronto, a guria deve estar superchateada, e eu não vou saber o que dizer para consolá-la%22. Só que não deu tempo de eu pensar no que dizer.

Antes mesmo de eu conseguir visualizar a incomodação que um overbooking significa hoje nos nossos aeroportos, ela completou: %22eles querem saber se, em troca de viajar amanhã cedo, eu aceito ficar num hotel até amanhã e ganhar uma passagem ida e volta para qualquer lugar dos Estados Unidos%22. Brazucas que somos, achamos, as duas, a coisa meio estranha.

Algumas horas depois ela me liga do hotel, %22dos bacanas%22, dizendo que a tal passagem gratuita vale por um ano, e que a estavam tratando com toda gentileza do mundo. Daí eu fiquei aqui, em Porto Alegre, onde nas três viagens de avião que fiz em 2007 acumulei literalmente 14 horas de espera em solo sem ganhar sequer um cafezinho das empresas aéreas, pensando: essa coisa de compensar passageiros por overbooking ANTES do horário do embarque e sem sequer a criatura pedir alguma coisa acontece por aqui também e é só comigo, uma passageira eventual, que não?


Postado por Cássia Zanon

quinta-feira, 20 de dezembro de 2007

Cada escolha uma renúncia

Hoje estava conversando com um pessoal da zerohora.com e brinquei sobre os jargões à Dilbert com que estou me acostumando – e já chego a me flagrar usando – desde que, em setembro de 2006, troquei a redação do clicRBS pelo trabalho na área de Produto da RBS Internet e Inovação. %2280-20%22, %22trade-off%22, %22escopo%22, %22premissas%22, %22alinhar expectativas%22, %22cada escolha uma renúncia%22...

Esta última frase – que também dá título ao post – às vezes martela pesado na minha cabeça. Principalmente porque tem dias em que sinto falta de trabalhar basicamente com informação e edição de texto, com dead-lines apertados, com o controle direto sobre o que vai estar escrito na tela depois de se apertar o %22publicar%22, como nos tempos de redação.

A escolha de trocar de área me fez renunciar a tudo isso. Mas os colegas editores, coitados, não se livraram da minha mania de me meter no trabalho deles...

*

Este post é para dizer que a coisa por aqui tá meio parada, mas que eu não me esqueci de vocês. Enquanto isso, fica a dica de dar uma passadinha lá no marido e ver o post superbacana que ele fez e que envolve Scorsese, Hitchcock, Natal e espumante ;-)


Postado por Cássia Zanon

quarta-feira, 19 de dezembro de 2007

Isso tem que ter fim!

Quem me conhece sabe o quanto sou neurótica com a violência no trânsito. Tanto que há tempos adotei a tática de ficar em Porto Alegre em feriadões ou, ao menos, ir e voltar nos dias de menos movimento. Além disso, há anos não encaro a 101, e das últimas vezes que fui a Floripa, tratei de ir de avião.

Agora a RBS lança uma campanha que pega o motorista imbecil por onde mais dói: o ego. Assiste aí!


Postado por Cássia Zanon

segunda-feira, 17 de dezembro de 2007

Viagens da Janainchina

Você tem uma amiga doida que um dia largou tudo e se mandou pra China? E agora conta histórias incríveis e superinteressantes do outro lado do mundo? Eu tenho! E agora você também pode ter e acompanhar as peripécias dela pelo China in Blog.

A dona do pedaço, a Janaína Silveira, trabalhou conosco aqui no clicRBS e foi uma das mentoras do megahit hino do Inter em japonês. Pena que ela não tenha aceitado a minha sugestão pro nome: Janainchina. Não seria legal?


Postado por Cássia Zanon

sábado, 15 de dezembro de 2007

Etiquetinha

Até concordo que duas meninas entre quatro e oito anos possam não saber que não se deve ficar correndo, saltando e dançando – além de cantando e falando em voz alta – numa sala de espera cheia de gente indo e vindo. Mas a mãe das criaturinhas tem a obrigação de saber, não?

Postado por Cássia Zanon

quinta-feira, 13 de dezembro de 2007

Disclaimer necessário

O meu querido amigo Leandro Steiw, belo jornalista que abandonou o blog delicioso que fazia, deixou no post anterior um comentário embaixo do qual me vejo obrigada a assinar, além de destacar um trecho que realmente poderia substituir a minha lista:

Cassiola, com o perdão da minha inexperiência e falta de paciência com o meu próprio blog, aquele corongo: acho que tem regras demais. Está parecendo manual de redação de jornalão. Muitas ordens para um ambiente - a internet - no qual prevalece a desordem e o progresso. Como única boa prática blogueira, eu recomendaria sinceridade. Escreva como se ninguém estivesse lendo e sem intenção de impressionar alguém. Só. E já nem levaria o meu conselho a sério. Se é regra, evite-a. E viva a ênclise.

Como eu mesma disse, nunca havia pensado nessas coisas todas sistematicamente até receber a tarefa. Isso porque a ambição do meu blog nunca foi atrair audiência, mas sim atender aos poucos leitores que compartilham das minhas preferências na vida. Só que nem todos os blogueiros têm esse desprendimento em relação ao incremento da audiência, por isso o %22manualzito%22.

*

Mais abaixo, o Codevilla, que sempre ouço na Itapema e que me honrou com uma visita e um comentário, disse outra coisa perfeitamente válida – e com a qual seria perfeitamente capaz de me identificar, se não tivesse sido irremediavelmente picada pelo vírus da vida geek:

sou do tempo que twitter é aquele falante pequenino que só sai agudo... acho que sou preguiçoso demais para estas ferramentas.

*

O blogueiro mais próximo de mim sequer leu o post que tantos comentários rendeu. Até porque no seu Jogo da Memória, o Márcio fala única e exclusivamente do que gosta e do jeito que gosta, e a audiência acaba sendo realmente conseqüência da identificação que cria com outros fãs de "velharias" como ele. E olha que tem a capacidade de reclamar que ninguém comenta nos posts dele, apesar de ele próprio não comentar nos posts alheios. Casa de ferreiro...

Em suma, vida blogueira é issaí mesmo: se tiver muita regra, acaba perdendo a graça. Só não espalhem que eu escrevi isso aqui, valeu? ;-)


Postado por Cássia Zanon

Das boas práticas blogueiras

Um dos itens que aparecem na minha lista de tarefas dos últimos dias é fazer um manual de boas práticas para blogueiros. Apesar de blogueira há quatro anos, nunca tinha parado para sistematizar o que aprendi nesse tempo todo. Para ser sincera, desconfiava se realmente havia aprendido algo de valor. Lembrava de um sem número de artigos lidos sobre o assunto ao longo desse período, mas faltava organização na cachola.

Pois eis que fiz uma pesquisa cuidadosa e encontrei um punhado de conceitos que já são consenso e descobri que a maioria deles já havia adotado há muito tempo – meio que inconscientemente, é verdade. Como sempre vi meu blog como um canal para me comunicar com amigos e pessoas com interesses semelhantes, nunca me preocupei realmente como %22atrair audiência%22. Mas não é que várias das coisas que faço estão na lista abaixo?

Não pensem que há aqui a intenção de se fazer um documento definitivo sobre melhores práticas para blogs. Pelo contrário. A lista que segue é apenas o começo de um trabalho que ainda vai custar para ficar pronto, e sequer está devidamente organizado. Por enquanto, vamos chamá-la simplesmente de %22Boas práticas%22.

Além disso, por favor, por favor, por favor, colaborem com mais sugestões, contestem pontos que considerarem equivocados e me ajudem a chegar o mais perto possível do ideal? Por favor? Em retorno, minha eterna gratidão. E o crédito, é claro ;-)

*

Além de muitas coisas que tirei sabe Deus de onde, já que o conhecimento estava fincado nos neurônios há muito tempo, com as referências todas misturadas, usei dicas que encontrei dos sites/blogs Como aparecer na primeira página do Google?, CyberJournalist.net e Online Journalism Review.


Postado por Cássia Zanon

Boas práticas blogueiras

Vai daqui a lista mencionada no post acima:

- Leia blogs

- Cadastre-se e use ferramentas como Technorati, del.icio.us, StumbleUpon, Twitter. Não sabe o que são? Descubra!

- Participe de comunidades online como Facebook, Orkut, LastFM e informe o endereço do seu blog no seu perfil. Você pode se surpreender com quanta gente vai chegar a ele por ali.

- Dê links. Muitos links. Para fora do seu blog, para dentro do seu blog, para onde quer que vá ser relevante aos seus leitores.

- Deixe comentários em outros blogs. Mas não faça isso apenas para receber link de volta. Seja sincero nos comentários. Sair espalhando comentários a granel apenas para divulgar o seu blog pode ficar antipático.

- Quando alguém deixar um comentário em seu blog fazendo alguma pergunta ou pedindo uma réplica, não ignore. Dependendo do caso, responda na caixa de comentários e copie a resposta ao interessado por e-mail, para o caso de ele não voltar.

- Aproveite a informalidade do meio, usando uma linguagem mais coloquial. Deixe o jornalista de lado e lembre que quem vai ler um blog está esperando um pouco da personalidade do autor em cada post. Converse com o internauta, use o imperativo, instigue seu leitor a reagir.

- Acrescente o máximo de informações possível a todo post. Tem uma foto, um áudio, um vídeo (que você tenha direito de usar, é claro)? Bote lá! Lembre que os limites da Internet estão mais ligados às nossas limitações do que ao meio.

- Leia blogs

- Estimule a interatividade. Mesmo quando não estiver tratando de assuntos polêmicos, convide o leitor a comentar, responder, participar de alguma maneira. Estimule-o a levar a discussão para outros blogs. Isso provavelmente vai gerar mais links e trazer mais audiência para o seu blog.

- Escreva sobre assuntos que você domina, fale do que gosta, use e abuse da primeira pessoa. O que você está escrevendo no blog não precisa ser a palavra final sobre o assunto em questão, um post é como um comentário numa conversa informal. Como numa conversa informal, porém, convém cuidar para não ferir suscetibilidades nem dar informações incorretas ou reproduzir inverdades. Quando não souber sobre alguma coisa, diga que não sabe.

- Invista em posts curtos. Posts mais longos (como este) são interessantes eventualmente, mas blogs que empilham um tratado em cima do outro tendem a cansar o leitor, que, afinal, como você, não está com tempo sobrando...

- Leia blogs

Postado por Cássia Zanon

Trauma de infância

Vale a pena assistir a esse vídeo curtinho do Rafinha Bastos sobre a música %22Nana nenê%22. Identificação total é pouco ;-)

A dica sobre os novos vídeos foi do Juliano, o nosso craque das imitações do clicRBS e dono do Escanteio.


Postado por Cássia Zanon

Novo site no ar


Tem uma hora de vida o novo site do Diário Catarinense, o diario.com.br, que segue a mesma linha do zerohora.com, lançado em setembro. Desta vez o parto foi bem mais simples.

Fica aqui o desejo de sorte aos colegas de Floripa que vão fazer o conteúdo sem o qual toda a estrutura que tive o orgulho e a honra de ajudar a montar não faz sentido algum.



A primeira capa do diario.com.br

Postado por Cássia Zanon

quarta-feira, 12 de dezembro de 2007

Projetos, melhor não tê-los?

Está prestes a virar tradição. O balanço de 2006 gerou a lista para 2007. A pouco mais de duas semanas de terminar o ano, façamos o balanço deste 2007 em relação às resoluções feitas em 30 de dezembro passado.

- Seguir fazendo ioga
Não rolou :-( Fiz até a metade do ano, mas depois disso os horários foram ficando complicados, complicados, e eu não consegui tocar em frente. Porque as aulas de ioga são longas, e não tendo carro é complicado conciliar as coisas. Depois de dois meses parada, acabei me rendendo à %22acadimia%22, de que pela primeira vez na vida estou gostando.

- Caminhar duas vezes por semana
Depende. Caminhar até o ponto de ônibus conta? Ah, não rolou. Caminhar sem rumo não é pra mim. Agora caminho na esteira, 2,5 quilômetros por vez, duas ou três vezes por semana.

- Trabalhar em favor da preguiça (i.e. ser o mais eficiente possível para que as eventuais falhas ou atrasos não acabem se transformando em mais trabalho)
Sabe que até que deu certo? Só o lançamento da zerohora.com já me dá um pusta orgulho. Juntando com o do diario.com.br, que entra nesta madrugada, vou dizer que o balanço tá positivo.

- Ser menos implicante
Ah, eu tentei. Juro.

- Comer menos carne
Acho que tô conseguindo.

- Ler livros mais relevantes (pelo menos quatro deles durante o ano)
Descobri que esse é um conceito meio abstrato. Li cada livro bobo relevante este ano que vou dizer... ;-)

- Ir mais ao cinema
Mais ou menos, mais ou menos. Vi muito DVD. Isso conta?

- Fazer mais jantares em casa para reunir os amigos
Ah, isso foi legal. Mas acabei fazendo mais almoços. Acho mais divertidos.

Em breve, as resoluções para 2008 :-)



Postado por Cássia Zanon

segunda-feira, 10 de dezembro de 2007

Por falar em Woody Allen

Vale a pena assistir ao vídeo dele de apoio à greve dos roteiristas de Hollywood.


Está no You Tube, e a dica eu peguei do Twitter do Inagaki.

Postado por Cássia Zanon

Mais de mim mesma

Agora, me digam, começar a semana lendo algo como o que segue não é para deixar a criatura se achando demais? Ainda mais considerando que a autora do elogio exagerado é uma best-seller qual a Claudia Tajes?

Adultérios

É o nome do novo livro do Woody Allen que a L&PM lançou na coleção Pocket e a Cássia Zanon traduziu como se tivesse incorporado o autor. Três peças em um ato, uma melhor que a outra. Livro ótimo, baratinho e tri bem produzido. Não é todo dia que aparece um assim.


Postado por Cássia Zanon

sábado, 8 de dezembro de 2007

Eu tô no til

Há umas semanas passamos uma tarde de sol na zona sul de Porto Alegre gravando o comercial de fim de ano da RBS. Ele foi ao ar hoje. Eu estou lá no til, ao lado da Rosane de Oliveira, do Ricardo Chaves (o Kadão) e mais uma porção de gente bacana com quem trabalho e já tive o privilégio de trabalhar.

 


Postado por Cássia Zanon

sexta-feira, 7 de dezembro de 2007

Feng Shui mental

Achei linda esta foto
Correntes por e-mail irritam muito. Outro dia mesmo estávamos falando no trabalho a respeito, e a Bruna Nervis, que sai de férias hoje e só volta ao trabalho em 2008, contou a tática que ela usa, e é a mesma minha: não ler a parte que diz %22se você não mandar para trocentas pessoas, alguma coisa péssima vai acontecer a você%22. Essa irritação por correntes, compartilho com a minha irmã. Por isso, quando recebi um e-mail dela dizendo %22Yes, this is a forward, but it%27s sort of nice%22 (Sim, é um encaminhamento, mas é meio bacana), achei que devia ter algo legal mesmo ali. E tinha. Com exceção da SEIS, que eu acho meio que bobagem, vejam se não são legais essas dicas. Porque o lugar-comum às vezes tem seu encanto ;-)

UM
Dê às pessoas mais do que elas esperam, e faça isso com alegria

DOIS
Case com um homem/uma mulher com quem você gosta de conversar. Ao envelhecerem, essa habilidade será tão importante como qualquer outra

TRÊS
Não acredite em tudo o que ouvir, gaste tudo o que tiver nem durma tudo o que quiser

QUATRO
Quando disser %22Eu te amo%22, seja sincero

CINCO
Quando disser %22Sinto muito%22, olhe nos olhos da pessoa

SEIS
Fique noivo por pelo menos seis meses antes de se casar

SETE
Acredite em amor à primeira vista

OITO
Nunca ria dos sonhos de ninguém. Quem não tem sonhos, não tem muita coisa

NOVE
Ame profunda e apaixonadamente. Você pode sair machucado, mas é a única maneira de viver a vida completamente

DEZ
Quando ouver discordâncias, brigue limpo. Nada de palavrões

ONZE
Não julgue uma pessoa por seus familiares

DOZE
Fale devagar, mas pense rápido

TREZE
Quando alguém lhe fizer uma pergunta que você não quer responder, sorria e pergunte: %22Por que você quer saber?%22

QUATORZE
Lembre-se de que grandes amores e grandes conquistas envolvem grandes riscos

QUINZE
Diga %22saúde%22 quando ouvir alguém espirrando

DEZESSEIS
Quando perder, não perca a lição

DEZESSETE
Lembre-se dos três Rs: Respeito por si mesmo, Respeito pelos outros e Responsabilidade por todas as suas ações

DEZOITO
Não deixe uma pequena discussão prejudicar uma grande amizade

DEZENOVE
Quando perceber que cometeu um erro, tome atitudes imediatas para corrigi-lo

VINTE
Sorria ao atender o telefone. Quem estiver do outro lado da linha vai ouvir o sorriso na sua voz

VINTE E UM
Passe algum tempo sozinho


Postado por Cássia Zanon

quinta-feira, 6 de dezembro de 2007

Saudade

Se não tivesse nos deixado há quase 12 anos, tenho certeza de que meu pai estaria hoje vivendo uma crise braba. Nascido a 7 de dezembro de 1947, faria 60 anos.

Quando penso em todas as coisas que não me viu fazer, em tudo aquilo que não pudemos comentar, sinto uma tristeza muito grande. Em compensação, volta e meia me dou conta de que há um pedaço dele em cada conquista e cada passo que dou por aqui, e isso me alegra demais.


*


Saudade, pai.

Postado por Cássia Zanon

terça-feira, 4 de dezembro de 2007

Ah, o RSS

Às vezes fico um pouco sem jeito com a falta de relevância dos meus posts, achando que eu devia estar dando informações mais úteis para os seres humanos. Mas daí eu passo 15 minutos lendo os meus feeds de notícias e encontro coisas assim (os comentários entre parênteses são o meu lado editora cruel se manifestando):

Brasil empata com a Rússia e cai no Mundial de handebol (O que seria de mim se não ficasse sabendo disso?)

Trânsito está ruim nas Marginais Pinheiros (Às 17h48, esperava o quê?)

Confira notícia sobre renúncia de Renan à presidência do Senado (Deu preguiça no editor?)

Scott Weiland nega acusação de ter dirigido embriagado ou drogado (Scott Rú?)

China é o maior consumidor de aço do mundo (Queriam que fosse quem? Cuba?)

Avenida Paulista apresenta lentidão (Às 18h27, qual a novidade?)

Comércio mundial não crescerá 6% em 2007, admite OMC (HAHAHAHAHAHA)

Tarifa de energia caiu, em média, 10% para o consumidor este ano, segundo associação (Alguém, por favor, tira a tecla de vírgula do teclado desse editor?)

Mauro Paulino comenta popularidade do presidente Lula (Marco Rú?)

Retenções na Avenida Brasil, em Ramos (O verbo ficou retido em algum lugar, pelo jeito)

Excesso de veículos deixa o tráfego lento em ruas do Rio (Se fosse falta de veículos, a notícia não seria mais interessante?)

Exposição de orquídeas e de bonsais em Rolante (O verbo saiu rolando?)

IBS prevê produção de 34 milhões de toneladas de aço este ano e 37,6 milhões em 2008 (Praticamente o lead inteiro da matéria)

Previsão de chuva para as próximas 24 horas (Onde, meu Deus?)

Vocalista da banda de punk rock 999 faz tarde de autógrafos em SP (99 rú?)

Cachorra que herdou US$ 12 mi é ameaçada de morte (PAVOR dessa abreviação de milhão como %22mi%22)

Ouça notícia sobre teste que detecta o HIV pela saliva (É sério isso? Deve ser o mesmo editor que mandou conferir a notícia do Renan)

Consumidores devem gastar até R$ 90 com presentes de Natal (Proibiram gastos maiores, é isso?)

Acho que deu de mau humor por hoje ;-)


Postado por Cássia Zanon

Cheia de mim

Vou pedir licença ao distinto e seleto público para me sentir o máximo por alguns instantes. Isso porque a querida Tânia Carvalho avisou num comentário ali atrás que deu dica deste humilde no Falando de hoje. Não é para ficar se achando mesmo?

Postado por Cássia Zanon

Autopromoção própria


Uma das coisas mais divertidas que traduzi neste ano foram as tirinhas do Snoopy.

Pois hoje vi no site da L&PM que saiu o quinto pocket com tradução minha: Posso fazer uma pergunta, professora?


Azar, é fofo ;-)

Postado por Cássia Zanon

sábado, 1 de dezembro de 2007

Narizes de talento

São fofos esses três...
Viagem a Darjeeling, do maluco Wes Anderson, era um daqueles filmes que eu estava guardando para ver em DVD. Principalmente por juntar três atores de quem eu gosto bastante na categoria %22narigudos interessantes%22: Adrien Brody, Owen Wilson e o fofo Jason Schwartzman – filho da Talia Shire, sobrinho do Coppola, primo do Nicholas Cage e da Sofia Coppola, legítimo sangue bom.

Enfim, encarei uma sessão de começo de fim de semana na agradável companhia da Cacá e do Sérgio e não me arrependi, aliás, fui surpreendida por um filme mais bacana do que o esperado. Destaque para a trilha sonora curiosa – alguém aí tem? – e a sincronia entre os três protagonistas.

Tri bom.




Postado por Cássia Zanon